Canto Firme,Firmação

IX Estágio de Orquestra e Orquestra Juvenil e IV Curso de Direção de Mação 2017

!cid_B8494133-889B-435C-9601-674EE91708E9

IX Estágio de Orquestra Juvenil e Orquestra de Sopros e Percussão

IV Curso de Direção de Mação 2017

10 a 14 de Julho – Mação

 

 

Direção Artística, Direção Musical e Curso de Direção: 

Director Artístico: Simão Francisco

fullsizerenderNatural de Tomar, onde iniciou os seus estudos musicais, ingressa em 2006 na ESMAE – Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto – na Classe de Flauta, onde trabalhou primeiramente com o Prof. Paulo Barros e mais tarde com a Prof. Raquel Lima (com a qual   terminou a licenciatura). Obteve formação com flautistas como Nuno Inácio, Sthephanie Wagner, Olavo Barros, Vasco Gouveia, Katharine Rawdon, Vera Morais, Thies Roorda, entre    outros. Colaborou com Orquestras como Sinfonieta da   Esmae, Orquestra de Câmara da Gulbekian (Braga), Momento Perpetuum, Orquestra de Sopros dos Templários, Verão Amizade e Estágio da Banda Sinfónica da Covilhã, no qual foi chefe de naipe convidado. Nestes agrupamentos  trabalhou com prestigiados maestros, entre os quais, Alberto Roque, Jean-Sebastien Berreau, Bruno dal Bom, Yuri Nasushkin, Martin André, Jouke Houekstra, Erik Janssen, António Saiote e Reinaldo Guerreiro.

Desenvolve actividade enquanto maestro, sendo presentemente maestro titular da Orquestra de Sopros da Canto Firme da Orquestra Sinfónica de Thomar e da Orquestra de Sopros da Covilhã, exerce ainda funções na Filarmónica SAMP – Pousos. Obteve aulas de Direcção de Orquestra com os maestros Jean-Sebastien Berreau, Jouke Houekstra, Steven Davis, Félix Hauswirth, Ferrer Ferran, sendo actualmente aluno de Direcção do Maestro Alberto Roque. Enquanto maestro trabalhou com solistas como:  Tiago Rosa (Fagote), Bruno Cruz (Trompa), Bruno Pascoal (Eufónio), Fábio Palma (Acordeão), Mariana Barradas (Violoncelo), Daniel Frazão (Clarinete), José António Lopes (Saxofone), Carlos Cardoso (Tenor), Carla Pais (Soprano) e Alberto Roque (Saxofone). Colaborou com a  Classe de Composição da ESMAE, com a qual estreou várias obras de compositores portugueses.

É desde 2013 Director Artístico do Estágio de Orquestra de Sopros do Médio Tejo. É membro fundador da Associação The BellsBrass Ensemble. Integra o corpo docente do Conservatório de Artes da Canto Firme, no qual assume as classes de flauta transversal, música de câmara e Orquestra de Sopros. É ainda Director Artístico dos Ciclos de Concertos Cantar Natal e Maio Música, desenvolvidos em parceria entre a Canto Firme – Associação de Cultura e o Município de Tomar.

Presentemente está a terminar o Mestrado em Ensino de Música na ESART (Castelo Branco) na classe de flauta da professora Katharine Rawdon e da professora Sthephanie Wagner.

 

Direção Musical Orquestra Juvenil: 

Direção Musical Orquestra Juvenil - Bruno Cruz

11698648_931562416908732_244766570458650284_n

Bruno Cruz, nasceu a 19 de Abril de 1985 em Tomar, aos 9 anos iniciou os estudos musicais em Trompa de Harmonia na Sociedade Filarmónica Gualdim Pais. Teve como professores Jorge Barradas e Martha Oliveira. Em 2005 ingressou na Banda Sinfónica do Exército onde desempenhou o cargo de 1º Trompa Solista durante 6 anos. Em 2012 finalizou a licenciatura em Trompa na Universidade de Évora com o professor Carlos Rosado. Em 2015 terminou o 1º ano de mestrado na Escola Superior de Artes Aplicadas em Castelo Branco, na classe do professor Paulo Guerreiro.
Ao longo do seu percurso musical participou em Masterclass com vários trompistas como Paulo Guerreiro, Hélder Vales, Lourenço Zarzo, Jorge Barradas entre outros.
Participou em vários estágios de Orquestra como a Orquestra Nacional de Sopros dos Templários sob a direcção de António Saiote, Alberto Roque, Carlos Amarelinho, Octávio Más Arocas, Jonathan Grethen e Nuno Leal, Estágios de Orquestra de Sopros realizado pela Escola de Musica Canto Firme sob a direcção de Jouke Hoekstra e Luís Carvalho, Estágio de Orquestra Médio Tejo, Estágio de Orquestra de Sopros do Orfeão de Leiria sob a direção de Luís Casalinho e André Granjo, Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão realizado em Mação sob a direcção de Simão Francisco, Tiago Alves e Pedro Andrade. Participou no Estágio de Orquestra Sinfónica de Santa Maria da Feira sob a direcção de Paulo Martins. Foi membro da Orquestra Sinfónica Juvenil sob a direcção Christopher Bochmann. Frequentou workshops para jovens músicos em Oeiras sob a orientação do Maestro Délio Gonçalves, entre outros.
Realizou várias Masterclass e foi coordenador de Naipe nos 3 Cursos de Jovens Musicos (Filarmonias) realizado em Ansião, no 3º 4º 5º e 6º Estágio de Orquestra de Sopros em Mação, no 7º 8º 9º Estágio de Orquestra de Sopros em Tomar, 1º Masterclass de Trompa realizado pelo Grupo Musical Pampilhosense e nos estágios de Brass Band do grupo The BellsBrass Ensemble.

Em 2007 foi convidado como solista, interpretando o Concerto Nº1 de W. A. Mozart realizado pela Escola de Música Canto Firme, em 2012 interpretou a peça Cape Horn de Otto Schwarz realizado no 1º Estágio de Orquestra de Sopros organizado pela Sociedade Filarmónica Penelense sob a direcção de Alberto Roque e em 2015 interpretou a obra três Contrastes de Claude T. Smith com a Orquestra de Sopros da Escola de Música Canto Firme.
Em 2013 foi convidado a realizar um concerto a solo com a Frysk Fanfare Orkest na Holanda.
Em 2015 foi convidado como solista A na Banda de Palco, na Orquestra Sinfónica Portuguesa.

Actualmente lecciona na Escola de Música Canto Firme, Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP). Sociedade Filarmónica Pombalense, Sociedade filarmónica do Arrabal, Sociedade Filarmónica da Bidoeira, Firmação Conservatório de Música de Mação, Escola de Música da Filarmónica Soutocico, Escola de música da Sociedade Filarmonica da Carregueira. É chefe de Naipe do grupo “The Bellsbrass Ensemble” e membro do grupo “Drama&Beiço” e presta os seus serviços na Sociedade Filarmónica de Bairros (Castelo de Paiva).

Horário

 

Horário Estágio Mação 2017-1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Roupa para o Concerto

Preta

 

Nota: Caso faça parte de uma Banda Filarmónica, será obrigatório colocar o nome da mesma.

 

FICHA DE INSCRIÇÃO

 

Campos marcado com * são obrigatórios.

Deixe um comentário

Deve iniciar sessão para comentar.