A carregar eventos

« Todos os Eventos

V Ciclo de Masterclasses Canto Firme 2020

Março 7 - Abril 19

V Ciclo de Masterclasses

Conservatório de Artes Canto Firme

07 de Março a 19 de Abril de 2020 – Tomar

Canto - 07 e 08 de Março: Prof. Susan Waters

Susan Waters is highly respected for her holistic voice work as a Professor in the Faculty of Voice at the Guildhall School of Music & Drama, London, where she has an international studio. She also enjoys a global profile in her work with advanced and professional singers (National Opera Studio London, Paris Conservatoire, Royal Opera House Young Artists London, Universities in Manila).

Most recently in 2017 she has given Masterclasses in Oporto, to celebrate the centenary of the Conservatorio do Musica; in Zürich, at the Hochschule für Kunst; and at the University of the Philippines, and the University of St Tomas, Manila. She has also worked widely in Portugal since 2005, where she has worked with artists at the San Carlos Opera, Lisbon, as well as giving masterclasses in the universities of Aveiro and Catolica, Oporto, and working privately in Coimbra.

Many of her former students now enjoy success in all branches of the classical singing world, including Monteverdi Choir, Polyphony, Swingle Singers, Royal Opera House, Tenebrae, and as freelance soloists in the international opera and concert world. She also has wide experience of working with young voices. For ten years she trained the boy choristers at Kings College Cambridge. She also worked for several years with adolescent singers between the ages of 13 and 18.

Susan is an Honours Piano Graduate from the Royal Academy of Music, London. She won the prestigious BP Scholarship to join the Opera programme at the Guildhall School of Music and Drama, London. This immediately led to invitations to sing with Glyndebourne Festival Opera, English Bach Festival, and Aldeburgh Festival, where she sang   the premiere there of Britten’s War Requiem. After pursuing a successful freelance career as a soprano in concert and recital, she decided to devote herself exclusively to the teaching of singing. Her first appointments were as Professor of Voice at Oxford and Cambridge Universities; she was invited to join the Vocal Faculty at the Guildhall School in 2001.

Amongst other continuing professional development supported by Guildhall School, in 2011 Susan was generously supported to undertake research into Accent Method breathing, and tongue root and jaw re-alignment issues for singers. She is currently researching into “The Singing Body”, combining physical gesture, breath, and sound.

  

 

Percussão - 18 e 19 de Abril: Prof. Miquel Bernat

 

  

 

Clarinete - 14 e 15 de Março: Prof. Paulo Gaspar

Formado em Clarinete pela Escola Superior de Música de Lisboa, prosseguiu o Mestrado em Artes Musicais na Universidade Nova de Lisboa e em 2011 concluiu o doutoramento em Música e Musicologia na Universidade de Évora. Já lecionou em diversos conservatórios e é frequentemente convidado a realizar masterclasses de clarinete e introdução ao jazz. Atualmente é professor na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas (Hot Clube de Portugal), Academia Nacional Superior de Orquestra e Escola Superior de Música de Lisboa.

Ao longo da sua carreira tem desenvolvido uma atividade muito diversa que vai da música erudita ao jazz. Tem gravado e colaborado com importantes músicos portugueses e diversas orquestras nacionais eruditas e de jazz. É solista da Banda da Armada desde 1989 e clarinetista dos Dixie Gang desde 1991. É um dos elementos fundadores do Lisbon Underground Music Ensemble e integra a Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal.

  

 

Saxofone - 14 e 15 de Março: Prof. José Massarão

jose_massarraoJosé Massarrão nasceu em Lisboa. Estudou saxofone na Escola de Música do Conservatório Nacional, concluíndo a licenciatura na Escola Superior de Música de Lisboa. Paralelamente, frequentou seminários, master-classes e workshops com Daniel Deffayet, Daniel Kientzy, Jean-Yves Fourmeau, René Decouais e André Hemmers.

Tem desenvolvido uma estreita relação com alguns compositores, que se tem vindo a traduzir na produção e consequente interpretação de obras a solo e música de câmara, enriquecendo desta forma o reportório de música portuguesa para saxofone. O quarteto Saxofínia, do qual é membro fundador, estreou algumas destas obras.

Colabora regularmente com orquestras e grupos que envolvem também outras formas de expressão. Integrou a Banda Sinfónica da Guarda Nacional Republicana.

Actualmente é professor na Escola Superior de Música de Lisboa e na Universidade de Évora.

  

 

Guitarra - 28 de Março: Prof. Francisco Morais

 

  

 

Trompete - 29 de Março: Prof. Pedro Monteiro

thumbnail_IMG_1803Licenciado em Trompete pela Escola Superior de Música de Lisboa.

Iniciou os seus estudos musicais em Portalegre, na Sociedade Musical Euterpe, aos oito anos de idade, tendo posteriormente ingressado no Conservatório Regional daquela cidade.

Transferiu-se mais tarde para a Academia Luísa Todi de Setúbal, aí estudando na classe do professor José Augusto Carneiro.

Em 1996 foi admitido na Academia Nacional Superior de Orquestra, onde trabalhou sob orientação de David Burt e Phillip Nava.

No ano de 1997 em França e na Alemanha, frequentou master classes de E. Aubier , C. Garréque e Bo Nilsson e Mathias Höfs. Nesse mesmo ano foi finalista do Concurso Internacional de Jovens Trompetistas, em Bremen na Alemanha ficando em3º lugar.

Em 1998 ingressou na Orquestra de Jovens do Mediterrâneo como solista, com a qual efectou concertos em Paris, Marselha, Bruxelas, Nice, Cairo, Alexandria, Damasco, Aman, Beirute e Rabat. Gravando também um C.D. Em 2006 estagiou no C.N.S.M. de Lyon com os Professores A.Dion e Pierre Dutot.

Em 2005 participou no Festival Internacional de Orgão de Lisboa e em 2006 no Festival Internacional de Orgão de Mafra com o organista Antoine Sibertan-Blanc.

È   Professor de Trompete na Universidade de Évora desde 2000. Colabora frequentemente com as várias Orquestras Portuguesas.

É convidado regularmente a orientar Master classes por todo o país. Tem feito vários recitais a solo em Portugal, Espanha e França. Desenvolve um trabalho regular com o Professor Bruno Nouvion. Desde Dezembro de 1998 que ocupa o lugar de solista B na Orquestra Sinfónica Portuguesa.

É membro fundador do Lisbon Underground Music Ensemble, com o qual gravou já vários CDs. Com este agrupamento, em 2016, participou num Tour europeu, tendo tocado em diversos Festivais em países como, a Holanda, Bélgica e Alemanha.

Desenvolve um trabalho regular de Música de Câmara com o Maestro João Paulo Santos.

Em 2010 participa na estreia mundial da Ópera Amazónia apresentada na Bienal de Munique e depois em São Paulo.

Na temporadade 2011, a convite da Maestrina Júlia Jones, apresenta-se a tocar Water Music ( Handel) com trompete barroco no Salão Nobre do Teatro Nacional de São Carlos.

Faz parte do Ensemble de Metais da Orquestra Sinfónica Portuguesa cuja direcção é assegurada pelo Maestro Pedro Neves.

Coordenou a apresentação pública das Trombetas Barrocas na Inauguração do novo Museu Nacional dos Coches.

Presentemente encontra-se a desenvolver o seu trabalho de Mestrado sobre as Trombetas da Charamela Real, sobre a orientação da Professora Vanda de Sá.

  

 

Trompa - 28 e 29 de Março: Prof. Paulo Guerreiro

 

  

 

Trombone - 28 e 29 de Março: Prof. Hugo Assunção

22Nasceu em Vestiaria (Alcobaça) em 1969.

Em 1983 ingressou no Conservatório Nacional de Música, na Classe do Professor Emídio Coutinho.

No seu percurso académico realizou estágios com as mais diversas orquestras de jovens, de onde se destacam a Orquestra Portuguesa da Juventude, Orquestra Sinfónica Juvenil e Orquestra de Jovens do Mediterrâneo.

Foi instrumentista convidado com a Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian; Orquestra Régie Sinfonia; Orquestra Clássica do Porto; Orquestra do Teatro Nacional de São Carlos; Orquestra Clássica da Madeira; Orquestra do Algarve; Orquestra Sinfonietta de Lisboa; Orquestra Metropolitana de Lisboa; Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música; Orquestra Sinfonia Varsóvia; Orquestra de Jazz de Matosinhos e Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal.

Entre 1988 e 1992 foi Primeiro Trombone na Orquestra do Teatro Nacional de São Carlos. Foi membro da Orchestrutópica.

Foi membro fundador e principal impulsionador de alguns dos primeiros grupos de metais criados em Portugal: Quinteto de metais Hot Brass de Portugal, Decateto de Metais de Lisboa, Ensemble Português de Trombones, Quinteto Português de Metais, Quinteto de Metais da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

Em 1997 criou o Jornal do Núcleo de Trombonistas da APPIS, primeira publicação especializada criada em Portugal, distribuída para mais de 300 trombonistas por todo o país.

Leccionou na Universidade de Évora, Universidade de Aveiro, na Escola Superior de Música do Porto, na Escola Profissional de Música de Espinho e na Escola Profissional Gualdim Pais em Tomar. Foi Professor de Trombone e Música de Câmara nos Cursos de Música de Pousos (Leiria), Loures e Caldas da Rainha. É regularmente convidado a leccionar masterclasses em Portugal e no estrangeiro. Organizou cursos com diversos trombonistas, de onde se destacam os conceituados trombonistas de jazz americanos Conrad Herwig, Ed Neumeister, o Primeiro Trombone da Orquestra Filarmónica de Nova Iorque – Joseph Alessi, o ex-Primeiro Trombone da Orquestra de Cleveland, Massimo La Rosa, e o Primeiro Trombone da Staatskapelle de Berlim, Filipe Alves, entre outros.

Foi Diretor Musical da Orquestra de Sopros da Universidade de Évora e do ensemble de metais e percussão Alentejo Brass Connection.

Gravou diversos discos integrando a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal, a Orquestra da Fundação Calouste Gulbenkian, Orchestrutópica, entre outros.

Em 2006 gravou dois cd para a editora Afinaudio, um projecto a solo – Vox Gabrieli, e um outro como líder do Ensemble Português de Trombones – A Different Era.

Em 2012 gravou um CD duplo com o grupo Mr SC & The Wild Bones Gang, premiado com o 2014 Roger Bobo Award Prize for Excellence in Recording.

Em Agosto de 2014 gravou um segundo disco com o grupo Mr SC & The Wild Bones Gang, participando como solista ao lado de nomes como Eugene Pokorny (tuba solo da Orquestra de Chicago), Shimpei Tsugita (tuba solo da Yomiuri Nippon Symphony Orchestra), Eijiro Nakagawa (trombone/compositor e artista Yamaha) e Demondrae Thurman (eufónio, Sotto Voce Quartet).

Em Novembro de 2016 gravou um disco com o grupo Crossfade em colaboração com Daniel Bernardes (piano e líder do projeto), João Barradas (acordeão), Sérgio Carolino (tuba), Ricardo Toscano (saxofone e clarinete), Jeffrey Davis (vibrafone) e Mário Marques (saxofone). Gravou um disco duplo que inclui a obra para metais da compositora Anne Victorino d’Almeida onde, para além de registar a sua Sonata para Trombone e Not a Fugue, dirigiu o The BellsBrass Ensemble em A Sombra dos Sentidos, obra que dá nome ao disco. Em 2017 gravou um CD como diretor musical do grupo Massive Brass Attack, Pocket Change, em que são solistas Sérgio Carolino e Nimrod Ron (tubas). Gravou um CD como diretor musical do ESML Brass Crew, Effervescence, com Sérgio Carolino (tuba) e James Thompson (trompete) como solistas.

Em 2016 dirigiu os The BellsBrass Ensemble na gravação de um disco em que participou o solista internacional Sérgio Carolino.

É, juntamente com o tubista Sérgio Carolino, Diretor Artístico do Festival Gravíssimo!, um dos mais conceituados festivais de metais graves a nível internacional, que se realiza anualmente em Alcobaça.

Lecciona as cadeiras de Trombone e Música de Câmara na Escola Superior de Música de Lisboa.

Atualmente é o Diretor Musical do The BellsBrass Ensemble, do ensemble de metais e percussão ESML Brass Crew, e Diretor Artístico do grupo Mr. SC & the Wild Bones Gang.

É Primeiro Trombone/Coordenador de Naipe da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

  

 

Nota

Devido a parceria existente entre o Conservatório de Artes Canto Firme a Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém, os alunos inscritos por estas instituições, deveram inscrever-se como alunos Canto Firme para usufruírem do desconto associado.

 

Nota: Os dados solicitados serão tratados e cuidados com segurança ao abrigo do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) – Regulamento 2016/679, de 27 de Abril.

 

Ficha de Inscrição: 

Campos marcado com * são obrigatórios.

Detalhes

Início:
7 Março, 2020
Fim:
19 Abril, 2020
Categoria de eventos:

Organizador

Conservatório de Artes

Local

Canto Firme de Tomar
Telefone:
249314251
Rua Dom Lopo Dias de Sousa, 8C, Tomar, 2300-483 Tomar Portugal
+ Google Map