A carregar eventos

« Todos os Eventos

X Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de Mação 2022

Junho 27 - Junho 29

Ciclo de Estágios Canto Firme:

X Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de Mação

27 a 29 de Junho de 2022

Maestros

Daniel Frazão

Simão Francisco

O X Estágio de Orquestra de Sopros e Percussão de Mação tem organização da Canto Firme de Tomar – Associação de Cultura, através do Conservatório de Música de Mação, e apresenta-se como uma atividade cultural que tem por principais objetivos aprofundar os conhecimentos musicais de todos os participantes, através de uma prática instrumental em contexto de orquestra de sopros, de trabalho de naipe, e ainda no desenvolvimento de competências sociais e humanas. No fim do estágio será apresentado um Concerto no Palco Principal da Feira Mostra 2022, em Mação

 

Direção Musical

Daniel José Bento Frazão énatural de Alcanede. Iniciou os seus estudos musicais com o seu avô, em 1997. Em 2001, ingressa na Banda da Sociedade Filarmónica Alcanedense. Em 2003, ingressa no Conservatório de Música Jaime Chavinha, em Minde, na classe do Professor Pedro Barroca, concluindo o 8º Grau com elevada classificação. É licenciado em Clarinete pela Escola Superior de Música de Lisboa (ESML), estudando com os Professores Paulo Gaspar e Manuel Jerónimo. É, também, Mestre em Ensino da Música pela ESML, com a publicação “A Música Tradicional Portuguesa adaptada para o Ensino do Clarinete” e tendo como orientador o Professor Doutor Manuel Jerónimo.

Frequentou diversas Masterclasses de Clarinete e de Direção de Orquestra de Sopros, orientadas por conceituados Professores e Maestros de reconhecido mérito nacional e internacional. No âmbito da Orquestra de Sopros destacam-se os seguintes Maestros: Alberto Lages, Alberto Roque, Dario Sotelo, Matthew George, Felix Hauswirth e Baldur Brönnimann. Atualmente estuda Direção de Orquestra com o Maestro Jean-Marc Burfin, a nível particular.

Obteve o 2º Prémio no concurso Prémio Jovens Músicos 2009, promovido pela Antena 2/RTP, na categoria de Música de Câmara – Nível Médio, com o Trio Scherzando. Em 2013, fica selecionado para a Orchestre de Jeunes de la Méditerranée, sediada em França, ficando na lista de reserva. Em 2017, fez a estreia mundial do Concerto para Clarinete e Orquestra de Sopros do compositor Alexandre Almeida, com a Orquestra de Sopros da ESML, sob a direção do Maestro Alberto Roque. Em 2021 este concerto foi gravado em disco, com etiqueta Afinaudio, com a Sociedade Filarmónica ALcanedense, sob Direção do Maestro Alberto Lages. Também em 2017, fez parte da tournée europeia Prelúdio, do conceituado cantor brasileiro Gilberto Gil, integrando a Orquestra Nova Ópera de Lisboa, com direção do Maestro Aldo Brizzi.

Como instrumentista de orquestra, é Solista A e Chefe de Naipe da Orquestra Nova Ópera de Lisboa, da Orquestra Sinfónica de Thomar e da Orquestra de Sopros do Médio Tejo. É, também, membro do Ensemble Clarinete Modus desde 2015. Foi membro da Camerata de Sopros Silva Dionísio de 2011 a 2018 e colaborou com a Orquestra Sinfónica Juvenil em 2009 e 2011. Como solista, tem-se apresentado a solo com diversos agrupamentos camerísticos, Orquestras de Sopros e Orquestras Sinfónicas.

Foi Maestro da Banda da Sociedade de Instrução Musical, Cultura e Recreio de A-dos-Francos.

Atualmente é Diretor Pedagógico, Professor de Clarinete e Professor de Orquestra de Sopros no Conservatório de Artes Canto Firme de Tomar.

Simão Francisco natural de Tomar, onde iniciou os seus estudos musicais na Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, ingressa em 2006 na ESMAE – Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo do Porto – na Classe de Flauta, onde obtém o grau de licenciado na classe da Professora Raquel Lima. É Mestre em Ensino de Música, grau obtido na Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco – ESART. Obteve formação com flautistas como Nuno Inácio, Sthephanie Wagner, Olavo Barros, Vasco Gouveia, Katharine Rawdon, Vera Morais, Thies Roorda, entre outros. Colaborou com Orquestras como Sinfonieta da Esmae, Orquestra de Câmara da Gulbekian  (Braga), Momento Perpetuum, Orquestra de Sopros dos Templários, Verão Amizade e Estágio da Banda Sinfónica da Covilhã, no qual foi chefe de naipe convidado. Nestes agrupamentos trabalhou com prestigiados maestros, entre os quais, Alberto Roque, Jean-Sebastien Berreau, Bruno dal Bom, Yuri Nasushkin, Martin André, Jouke Houekstra, Erik Janssen, António Saiote e Reinaldo Guerreiro.

Desenvolve atividade enquanto maestro, sendo presentemente maestro titular da Orquestra de Sopros do Médio Tejo (OSMT), da Orquestra Sinfónica de Thomar  (OST), da Orquestra de Sopros da Covilhã, da Camerata de Sopros Fernando Lopes-Graça e maestro da Filarmónica SAMP  – Pousos/Leiria. Obteve aulas de Direção de Orquestra com os maestros Jean-Sebastien Berreau, Jouke Houekstra, Steven Davis, Félix Hauswirth, Douglas Bostock e Alberto Roque. Enquanto maestro trabalhou com solistas como:  Tiago Rosa (Fagote), Bruno Cruz (Trompa), Bruno Pascoal (Eufónio), Fábio Palma (Acordeão), Mariana Barradas (Violoncelo), Daniel Frazão (Clarinete), José António Lopes (Saxofone), Carlos Cardoso (Tenor), Carla Pais (Soprano), Cláudio Pinheiro (Trompete) e Alberto Roque (Saxofone).

Dirigiu, como maestro convidado, a Orquestra de Sopros da Universidade de Évora, o Ensemble de Flautas da Academia de Flauta de Verão, a UNC Charlotte Wind Ensemble (EUA – North Carolina), a Unión Musical San Roque (Valência – Espanha) e a Frysk Fanfarre Orchestra (Holanda), apresentando-se como solista com as duas últimas formações e ainda com a Orquestra de Sopros do Médio Tejo (Tomar), com a qual estreou a obra a si dedicada, Easter Paraphrase, do compositor espanhol José Blesa-Lull. Em Maio de 2018 é professor convidado do ciclo de Masterclasses do Conservatório Professional de Música de Llíria (Valência/Espanha).

 

Orientadores / Formadores de Naipe

 

  • Flauta Transversal: Mariana Frias
  • Oboé: Daniel Mota
  • Fagote: Tiago Rosa
  • Clarinete: André Vieira
  • Saxofone: Fábio Monteiro
  • Trompete: Cláudio Pinheiro
  • Trompa: Bruno Cruz
  • Trombone: Nuno Henriques
  • Eufónio/Tuba: Miguel Alves
  • Percussão: Hugo Ribeiro e Pedro Fonseca

 

 

Programa

Brevemente anunciado

 

Notas Importantes

Para roupa de Concerto será necessária a T-shirt do Estágio (fornecida na receção) e calça de ganga.

Pedimos que leiam atentamente o regulamento para todas as informações e esclarecimentos necessários

 

Horário de Ensaios

Horário X Estágio Mação

O Horário anunciado poderá sofrer alterações até ao inicio do estágio, ou no decorrer da semana de trabalhos. 

 

 

Data limite para inscrição: 20 de Junho de 2022

 

Nota: Os dados solicitados serão tratados e cuidados com segurança ao abrigo do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) – Regulamento 2016/679, de 27 de Abril.

Ficha de Inscrição:

Campos marcado com * são obrigatórios.

Certifique-se que recebe o email de confirmação de inscrição. Caso contrário contacte-nos: 249 314 251

Detalhes

Início:
27 Junho, 2022
Fim:
29 Junho, 2022
Categoria de eventos:

Organizador

Canto Firme
Telefone:
249314251
E-mail:
Site:
www.cantofirme.pt

Local

Mação
Telefone:
241 573 254
Mação, Portugal
+ Google Map
Site:
www.cantofirme.pt