Canto Firme,Coro Misto

A Afilhada de Santo António

CARTAZ FINAL 4RED-page-001

A Afilhada de Santo António

«Drama por Música»

Sinopse:

Santo António de Lisboa, o nosso Santo Antoninho da devoção popular, suporta uma carga de preocupações em cima que não se faz ideia. Antes de mais, a responsabilidade de andar com o menino ao colo. Depois as súplicas dos mais devotos que – aqui para nós – ás vezes abusam dos pedidos. Nem um Santo aguenta!

Não dá para tudo, mas faz os possíveis… Por exemplo: derrete-se-lhe o coração, quando uma afilhada, Antónia de seu nome, pobre e órfã, lhe pede auxilio para o seu desamparo.

O Santo não gosta de dar tudo a pronto, embrulhado e já está. A felicidade conquista-se e dá que fazer. Sendo assim, nós acompanhamos as aventuras da jovem Antónia, os contratempos que teve de vencer até suspirar de alivio nos braços de um bem-amado. Por acaso é um príncipe, mas podia não ser.

O santo, que foi dando uns impurrõezinhos, abençoa no fim – ou não fosse ele o padroeiro dos enamorados!

Esta peça que será um “Drama por música” e foi assumida pelo Coro Misto Canto Firme para apresentação na Festa dos Tabuleiros de 2015. Dos cenários, ás luzes, aos personagens, ao Coro e à pequena Orquestra, todas essas funções serão assumidas por coralistas do Coro Canto Firme.

Esta peça de António Torrado, escrita toda em verso, à maneira dos antigos autos, estava mesmo a pedir música que para ela, propositadamente, compôs o Maestro António de Sousa que terá a seu cargo toda a direcção musical.

A encenação é de João Mota que sendo João, não deixa por isso de devotar ao nosso Santo lisboeta o mesmo apreço que os outros dois.

Bilhetes já disponíveis:

Sede da Canto Firme

Comissão da Festa dos Tabuleiros

Deixe um comentário

Deve iniciar sessão para comentar.